Banner
Banner

41 Anos de tradição em ballet clássico

Ballet Bahiano de Tênis nasceu da proposta de que toda bailarina necessita de um palco para brilhar. Mais conhecido pela sigla BBT, foi fundado em 1976, por Tânia Maria Durand Gordilho, situado na Avenida Princesa Leopoldina, nº. 398, no bairro da Graça. É uma entidade cultural com fins artísticos, tendo como objetivo ensinar, promover e divulgar a dança, em suas diversas modalidades acreditando na força da arte para o desenvolvimento da cidadania e educação, cumprindo o seu papel de consolidar o Ballet Clássico na Bahia e mostrando Arte ao público.

Através da metodologia adotada da Royal Academy of Dance, a maior e mais influente guardiã dos níveis de ballet clássico do mundo, o Ballet Bahiano de Tênis forma crianças e adolescentes na técnica do ballet clássico.

41 Anos de tradição em ballet clássico

A missão do BBT é fazer um trabalho com ludicidade e criatividade, reconhecimento do corpo, movimentos de rotação, flexão, coordenação, motricidade, alongamento e técnicas específicas para a idade do aluno, além de ensinar a teoria do ballet e história da dança para todos os alunos.

41 Anos de tradição em ballet clássico

Nossa trajetória é longa, cheia de conquistas e momentos inesquecíveis, por isso, nós resolvemos compartilhar isso com vocês.

  • 1976
  • Fundação do Ballet Bahiano de Tênis e inicio das aulas, com os cursos de Ballet Clássico, Jazz, Dança Moderna, Dança Primitiva e Ginástica. I Festival Anual, com espetáculos de Ballet Clássico e Jazz;
  • 1977
  • II Festival Anual com o Ballet “Aniversário para Elisa”. Apresentação na abertura do XXI Congresso de Ginecologia e Obstetrícia com o Ballet “Renuncia”;
  • 1978
  • III Festival Anual, com o Ballet, “No Mundo Encantado da Vovozinha”;
  • 1979
  • IV Festival Anual, com o Ballet “As Quatro Estações”;
  • 1980
  • V Festival Anual, com o Ballet “Fabiana” e o Ballet Moderno “Vinicius e Cia”;
  • 1981
  • VI Festival Anual, com o Ballet “Era uma Vez no Fundo do Mar”;
  • 1982
  • VII Festival Anual, com o Ballet “Vitrine Encantada”;
  • 1983
  • VIII Festival Anual, com o Ballet “As Vendedoras de Fósforo em um Sonho de Natal” e o Jazz Dance “ Elis Especial”;
  • 1984
  • Formação do Corpo de Baile do Ballet Bahiano de Tênis – BBT. IX Festival Anual com os Ballets “Circo Encantado” e Rythmetron”;
  • 1985
  • Apresentação do espetáculo “Nas Asas da Dança”, coreografado pela bailarina principal do Corpo de Baile do BBT no X Festival Anual;
  • 1986
  • Apresentação do Corpo de Baile na abertura das comemorações dos 70 anos do Clube Bahiano de Tênis. XI Festival Anual, com o tradicional Ballet de repertorio clássico “O Quebra – Nozes”;
  • 1986
  • Apresentação do Corpo de Baile na abertura das comemorações dos 70 anos do Clube Bahiano de Tênis. XI Festival Anual, com o tradicional Ballet de repertorio clássico “O Quebra – Nozes”;
  • 1987
  • XII Festival Anual, com o Ballet Musical “O Inesquecível Mundo de OZ”;
  • 1988
  • XIII Festival Anual, com o famoso Ballet de Repertório Clássico “Coppelia”, tendo como bailarino principal Marcelo Misaillidis, 1º Bailarino do Teatro Municipal do Rio de Janeiro;
  • 1989
  • XIV Festival Anual, com os Ballets “Alice no País das Maravilhas” e “La Bayadere” onde o BBT convidou os bailarinos Nora Esteves e Marcelo Misaillidis – 1º bailarinos do Teatro Municipal do Rio de Janeiro para serem os solistas principais;
  • 1990
  • O Ballet Bahiano de Tênis – BBT representa o Brasil no Concurso Internacional em Londres “Adeline Genée Awards”, com a presença da Diretora Tânia Maria Durand Gordilho levando sua bailarina Milena Regis que apresentou o ballet “A Bela Adormecida”;
  • 1991
  • Comemoração dos 15 anos do Ballet Bahiano de Tênis – BBT! Tânia Durand Gordilho foi à única professora do Brasil a participar do Assembly 91” da Royal Academy of Dance onde a RAD fez a apresentação do “New Grades Examinations Syllabus”. Participação no I eminário Internacional de Dança em Brasília, no qual se destacam bailarinas do BBT onde obtivemos medalhas de ouro nas categorias: esperança, Junior 1 e Junior 2 e recebemos bolsas de estudos; Ana Tereza Gonzaga para a Escola da Opera de Paris e Milena Regis para a Escola de Estocolmo. XVI Festival Anual, com o Ballet “O Quebra – Nozes”;
  • 1991
  • Comemoração dos 15 anos do Ballet Bahiano de Tênis – BBT! Tânia Durand Gordilho foi à única professora do Brasil a participar do Assembly 91” da Royal Academy of Dance onde a RAD fez a apresentação do “New Grades Examinations Syllabus”. Participação no I eminário Internacional de Dança em Brasília, no qual se destacam bailarinas do BBT onde obtivemos medalhas de ouro nas categorias: esperança, Junior 1 e Junior 2 e recebemos bolsas de estudos; Ana Tereza Gonzaga para a Escola da Opera de Paris e Milena Regis para a Escola de Estocolmo. XVI Festival Anual, com o Ballet “O Quebra – Nozes”;
  • 1992
  • Participação no II Seminário Internacional de Dança em Brasília onde o BBT Recebeu muita medalhas de ouro – 1º lugar em grupo e solos em várias categorias. XVII Festival Anual, com a remontagem do Ballet de Repertório Clássico “Coppelia” no Teatro Castro Alves;
  • 1993
  • Participação no III Seminário Internacional de Dança em Brasília que como em todos os anos a premiação foi muito bonita em grupo e solos. Bolsa de estudos para a bailarina Flavia Esteves na Escola da Opera de Viena. XVIII Festival Anual, com os Ballets “Alice no País das Maravilhas” e “Dom Quixote” com participação dos primeiros bailarinos do Teatro Municipal do Rio de Janeiro Cecília Kersche e Marcelo Misailides;
  • 1994
  • Participação no IV Seminário Internacional de Dança em Brasília onde ganharam bolsas de estudos Fabiana Durand Gordilho para a Escola da Opera de Viena e Roberta Martins para a Opera de Leipzig. A Diretora do BBT – Tânia Durand Gordilho aceita convite da Presidente do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, Senhora Dalal Achcar para ensinar, preparar e levar o bailarino Enéas Brandão para o Concurso de Varna na Bulgária, maior concurso Internacional Mundial onde obtivemos a medalha de bronze e ninguém obteve medalha de ouro. Festival Anual com o espetáculo “Suíte Clássica” apresentando os Ballets “O Quebra – Nozes”, “O Lago dos Cisnes”, “A Bela Adormecida”, “Giselle” e “Coppelia”. A bailarina Fabiana Durand Gordilho foi convidada para fazer audição e passou em primeiro lugar entre outras candidatas para fazer o papel de Clara nos espetáculos “O Quebra Nozes” do Teatro Municipal do Rio de Janeiro.
  • 1995
  • Participação no V Seminário Internacional de Dança em Brasília. XIX Festival Anual com o Ballet “O Inesquecível Mundo de OZ”. O BBT levou suas alunas para o Seminário em comemoração aos 75th Anniversary da Royal Academy of Dance onde a diretora artística Linn Wallis escolheu através de uma seleção feita em todo o Brasil a nossa aluna Fabiana Durand Gordilho para representar o Brasil no Summer Course da Royal da Academy of Dance em Londres. Após este curso, Fabiana permaneceu em Londres como bolsista no Royal Ballet School.
  • 1996
  • Em comemoração aos 20 ANOS do BBT acontece a apresentação do espetáculo “Gala Performance” no TCA com a participação das nossas alunas que estavam em Escolas na Europa, como também o 1º Bailarino do Royal Ballet Company Inaki Urlezaga. Participação no VI Seminário Internacional de Dança em Brasília;
  • 1986
  • Apresentação do Corpo de Baile na abertura das comemorações dos 70 anos do Clube Bahiano de Tênis. XI Festival Anual, com o tradicional Ballet de repertorio clássico “O Quebra – Nozes”;
  • 1987
  • XII Festival Anual, com o Ballet Musical “O Inesquecível Mundo de OZ”;
  • 1988
  • XIII Festival Anual, com o famoso Ballet de Repertório Clássico “Coppelia”, tendo como bailarino principal Marcelo Misaillidis, 1º Bailarino do Teatro Municipal do Rio de Janeiro;
  • 1989
  • XIV Festival Anual, com os Ballets “Alice no País das Maravilhas” e “La Bayadere” onde o BBT convidou os bailarinos Nora Esteves e Marcelo Misaillidis – 1º bailarinos do Teatro Municipal do Rio de Janeiro para serem os solistas principais;
  • 1990
  • O Ballet Bahiano de Tênis – BBT representa o Brasil no Concurso Internacional em Londres “Adeline Genée Awards”, com a presença da Diretora Tânia Maria Durand Gordilho levando sua bailarina Milena Regis que apresentou o ballet “A Bela Adormecida”;
  • 1991
  • Comemoração dos 15 anos do Ballet Bahiano de Tênis – BBT! Tânia Durand Gordilho foi à única professora do Brasil a participar do Assembly 91” da Royal Academy of Dance onde a RAD fez a apresentação do “New Grades Examinations Syllabus”. Participação no I eminário Internacional de Dança em Brasília, no qual se destacam bailarinas do BBT onde obtivemos medalhas de ouro nas categorias: esperança, Junior 1 e Junior 2 e recebemos bolsas de estudos; Ana Tereza Gonzaga para a Escola da Opera de Paris e Milena Regis para a Escola de Estocolmo. XVI Festival Anual, com o Ballet “O Quebra – Nozes”;
  • 1991
  • Comemoração dos 15 anos do Ballet Bahiano de Tênis – BBT! Tânia Durand Gordilho foi à única professora do Brasil a participar do Assembly 91” da Royal Academy of Dance onde a RAD fez a apresentação do “New Grades Examinations Syllabus”. Participação no I eminário Internacional de Dança em Brasília, no qual se destacam bailarinas do BBT onde obtivemos medalhas de ouro nas categorias: esperança, Junior 1 e Junior 2 e recebemos bolsas de estudos; Ana Tereza Gonzaga para a Escola da Opera de Paris e Milena Regis para a Escola de Estocolmo. XVI Festival Anual, com o Ballet “O Quebra – Nozes”;
  • 1992
  • Participação no II Seminário Internacional de Dança em Brasília onde o BBT Recebeu muita medalhas de ouro – 1º lugar em grupo e solos em várias categorias. XVII Festival Anual, com a remontagem do Ballet de Repertório Clássico “Coppelia” no Teatro Castro Alves;
  • 1993
  • Participação no III Seminário Internacional de Dança em Brasília que como em todos os anos a premiação foi muito bonita em grupo e solos. Bolsa de estudos para a bailarina Flavia Esteves na Escola da Opera de Viena. XVIII Festival Anual, com os Ballets “Alice no País das Maravilhas” e “Dom Quixote” com participação dos primeiros bailarinos do Teatro Municipal do Rio de Janeiro Cecília Kersche e Marcelo Misailides;
  • 1994
  • Participação no IV Seminário Internacional de Dança em Brasília onde ganharam bolsas de estudos Fabiana Durand Gordilho para a Escola da Opera de Viena e Roberta Martins para a Opera de Leipzig. A Diretora do BBT – Tânia Durand Gordilho aceita convite da Presidente do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, Senhora Dalal Achcar para ensinar, preparar e levar o bailarino Enéas Brandão para o Concurso de Varna na Bulgária, maior concurso Internacional Mundial onde obtivemos a medalha de bronze e ninguém obteve medalha de ouro. Festival Anual com o espetáculo “Suíte Clássica” apresentando os Ballets “O Quebra – Nozes”, “O Lago dos Cisnes”, “A Bela Adormecida”, “Giselle” e “Coppelia”. A bailarina Fabiana Durand Gordilho foi convidada para fazer audição e passou em primeiro lugar entre outras candidatas para fazer o papel de Clara nos espetáculos “O Quebra Nozes” do Teatro Municipal do Rio de Janeiro.
  • 1995
  • Participação no V Seminário Internacional de Dança em Brasília. XIX Festival Anual com o Ballet “O Inesquecível Mundo de OZ”. O BBT levou suas alunas para o Seminário em comemoração aos 75th Anniversary da Royal Academy of Dance onde a diretora artística Linn Wallis escolheu através de uma seleção feita em todo o Brasil a nossa aluna Fabiana Durand Gordilho para representar o Brasil no Summer Course da Royal da Academy of Dance em Londres. Após este curso, Fabiana permaneceu em Londres como bolsista no Royal Ballet School.
  • 1996
  • Em comemoração aos 20 ANOS do BBT acontece a apresentação do espetáculo “Gala Performance” no TCA com a participação das nossas alunas que estavam em Escolas na Europa, como também o 1º Bailarino do Royal Ballet Company Inaki Urlezaga. Participação no VI Seminário Internacional de Dança em Brasília;
  • 1997
  • Nosso Corpo de Baile participa do Projeto “Baila Vila” do Teatro Vila Velha. XXI Festival Anual, com o Ballet “Bodas de Aurora” e com o Segundo Ato “Homenagem aos Ritmos e Musicais” no Teatro Iemanjá;
  • 1998
  • Participação no Projeto Ação Global, realizado pelo SESI, na Lagoa do Abaeté e apresentação em locais públicos. Apresentação do XXII Festival Anual, com o Ballet “La Bayadere” no Teatro Castro Alves;
  • 1999
  • Participação no II Festival de Dança “Dança Bahia”, com medalhas de ouro para todas as 13 coreografias apresentadas. O BBT aceitou o convite de Dª. Detinha Lomanto para a apresentação do BBT no Teatro Municipal de Jequié em comemoração aos 100 anos da sua Paróquia.
  • 2000
  • Apresentação do festival “Noite de Estrelas” em homenagem aos 50 anos da televisão brasileira. O Ballet Bahiano de Tênis assim como nos outros anos participou e vem participando de ações sociais.
  • 2001
  • 25 anos do BBT com apresentação do espetáculo “Gala Performance 25 Anos”. Neste mesmo ano a convite de Dom Geraldo Majela o BBT apresenta um espetáculo especial no Teatro Castro Alves em comemoração aos 450 anos da Arquidiocese de Salvador. A diretora artística Tânia Durand Gordilho participou do curso de Major’s da Royal Academy of Dance em São Paulo no mês de julho.
  • 2002
  • O BBT participou do Concurso Internacional de Dança de Brasília. Mais uma vez a escola recebeu bolsas de estudo para a Europa pela sua competência, técnica, dedicação e profissionalismo.
  • 2003
  • Espetáculo Emoções no Teatro Castro Alves com apresentação do Petit Corpo de Baile do BBT com a coreografia Mazurka e coreografia Concerto com o Corpo de Baile BBT. Apresentação no Espetáculo ADB “Encontros III”. Participação com dois solos no concurso Dança Salvador onde a bailarina Ludmila Santos ganhou o 1º lugar com a coreografia “Cupido” do Ballet Don Quixote e a bailarina Luisa Lira com a coreografia Variação de Swanilda 3º Ato” também foi 1º lugar;
  • 2004
  • Apresentação do BBT no Teatro Castro Alves em Prol ao Instituto dos Cegos da Bahia. O nosso BBT teve a honra de ser convidado para fazer a Abertura do Espetáculo juntamente com o Coral das Crianças do Instituto. O BBT foi escolhido entre todas as escolas da Bahia para sediar os exames de Major’s (exames profissionalizantes) da Royal Academy of Dance;
  • 2005
  • Apresentação do festival anual com uma lenda indígena “Naia, Sonho, Brilho e Energia”. A idéia deste espetáculo foi criada com o intuito de fazer com que as nossas bailarinas apresentassem um tema ecológico fazendo com que tanto elas quanto o público resgatassem um pouco a historia sobre os índios, fauna e flora.
  • 2006
  • Festival de encerramento do 1º Semestre de 2006 com o espetáculo “No Sitio do BBT, Tudo Pode Acontecer…”. Em agosto participamos, mais uma vez do Espetáculo Filantrópico Emoções em prol ao Instituto dos Cegos da Bahia. Em setembro realizamos os exames de Grades Syllabus da Royal Academy of Dance com a avaliação das nossas bailarinas pela examinadora Mrs. Deanne Irvine e em outubro teremos exames Vocational Graded Examination in Dance com a examinadora Mrs. Debra Wayne. Estamos em contagem regressiva com os ensaios para o Festival Anual 2006 “O Quebra Nozes” onde celebraremos os 30 anos do Ballet Bahiano de Tênis – BBT.
  • 2006
  • Festival de encerramento do 1º Semestre de 2006 com o espetáculo “No Sitio do BBT, Tudo Pode Acontecer…”. Em agosto participamos, mais uma vez do Espetáculo Filantrópico Emoções em prol ao Instituto dos Cegos da Bahia. Em setembro realizamos os exames de Grades Syllabus da Royal Academy of Dance com a avaliação das nossas bailarinas pela examinadora Mrs. Deanne Irvine e em outubro teremos exames Vocational Graded Examination in Dance com a examinadora Mrs. Debra Wayne. Estamos em contagem regressiva com os ensaios para o Festival Anual 2006 “O Quebra Nozes” onde celebraremos os 30 anos do Ballet Bahiano de Tênis – BBT.
  • 2007
  • Anos significativos na confirmação da nossa marca de Trabalho dentro da Historia da Dança na nossa cidade.
  • 2011
  • 35 anos do Ballet do Bahiano de Tênis, ano festivo muito trabalho e muitas realizações. Participando do Concurso Ballace com nossas Bailarinas do Corpo de Baile Juvenil obtivemos 2. Lugar e no Corpo de Baile Infantilc1. Lugar e fomos a Indaiatuba concorrer e obtivemos o 3. Lugar. Dentre varias Academia de todo o Brasil. Os nossos Professores participaram do Curso da Introdução do novo método do Inter- foundation e Intermediate da Royal Academy of Dance. Convidamos a Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado da Bahia, para participar da nossa Gala dos 35 anos do BBT, na apresentação do Tradicional Ballet do Repertório clássico “O Quebra- Nozes” no Teatro Castro Alves. Dançamos no Centro Histórico de Salvador um Pocket Show do Ballet Quebra- Nozes, fazendo parte das nossas comemorações dos 35 anos como também do Natal da cidade de Salvador.
  • 2012
  • Neste ano iniciamos nossos trabalhos sediando o Curso da Royal Academy of Dance, para introdução no Brasil da Nova Metodologia da RAD de 1. A 3. Grau, tendo mais de 50 professores de todo o Brasil aqui na nossa sede. Participamos com nossas bailarinas do Espetáculo “Encontro da Royal Academy of Dance Encontro 2012”. Realizamos no dia 15/06 no Teatro Isba o Encerramento de Semestre com o Espetáculo “O Inesquecível Mundo De Oz”.
  • 2013
  • Um ano especial, onde as bailarinas do BBT deram um show no espetáculo “No sítio do BBT, tudo pode acontecer” e nos encheram de orgulho conquistando 100% de aprovação nos Exames da Royal Academy of Dance! O tema do festival anual foi o ‘Ballet da Cinderela’ e todos se emocionaram com uma belíssima apresentação no final do ano. Para fechar o ano com chave de ouro, inovamos e fizemos um Aulão de Ballet Fitness com a professora Betina Dantas. Hoje, somos a única escola na Bahia que é Filiada ao Ballet Fitness oficial by Betina Dantas.
  • 2014
  • Teve Copa e apresentações feitas com muito carinho e dedicação: “Copa na Ponta dos Pés” foi um espetáculo cheio de energia e alegria, já “Coppélia” fechou o ano trazendo muita emoção a todos os presentes e a oficialização de que a sede do BBT ganha em 2015 um novo espaço.
  • 2015
  • O ano foi marcado por uma nova sede, novos cursos, novo rumos. Tivemos dois espetáculos inesquecíveis: o Circo Encantado do BBT e Don Quixote, deixando familiares e professores emocionados.
  • 2016
  • Ano de comemoração dos 40 anos do Ballet Bahiano de Tênis .

A arte da dança é a manifestação mais concreta da espiritualidade humana porque utiliza o próprio corpo como instrumento. Através dessa simbiose arte – corpo o ensino pode atuar sobre a formação de personalidade tanto das crianças quanto dos adolescentes.”

Tânia Durand Gordilho

Sustentação de perna

A sustentação de perna com a postura adequada é difícil, mas com um bom treino você consegue se corrigir, perceber seus erros e trabalhar...

18/Jun/2017 LEIA MAIS

Festa da Poppy no BBT

A Festa da Poppy no BBT foi muito especial e as nossas bailarinas brilharam demais! Confira algumas...

03/Jun/2017 LEIA MAIS

Mostra Didática - Festa da Poppy no BBT

Constantemente de bom humor, Poppy usa sua positividade como um superpoder! Como heroica líder dos Trolls, Poppy encoraja seus amigos a acreditarem...

24/Mai/2017 LEIA MAIS
Tania Maria Durand Gordilho

Tania Maria Durand Gordilho

Diretora Artística

Ana Clicia Fontes

Jazz Dance
Bianca Habib

Bianca Habib

Prof. Ballet Clássico
Fryda Barbosa

Fryda Barbosa

Prof. Ballet Clássico

Jéssica Nascimento

Prof. Ballet Clássico
Naiane Santos

Naiane Santos

Prof. Ballet Clássico
Natália Costa

Natália Costa

Prof. Ballet Clássico
Tamine Stanislava

Tamine Stanislava

Prof. Ballet Clássico

Thereza Cristina Campos

Prof. Ballet Clássico
Zélia Tourinho

Zélia Tourinho

Coordenação Artística
Colégio Anchieta

Colégio Anchieta

Endereço: Praça Padre Anchieta Nº 126 - Zona Urbana - Pituba, Salvador - BA - Telefone: (71) 2107-9000

Escola Tempo de Criança

Escola Tempo de Criança

Endereço: R. do Benjoim - Caminho das Árvores, Salvador - BA - Telefone: (71) 3354-4648

Colégio São Paulo

Colégio São Paulo

Endereço: Rua Luiz Portela da Silva Nº 628 - Zona Urbana - Itaigara, Salvador - BA - Telefone:(71) 2107-4600

Ballet Clássico para Crianças e Adolescentes

Ballet Clássico para Crianças e Adolescentes

O Ballet Clássico para crianças e adolescentes é direcionado para crianças a partir de 03 (três) anos, e o objetivo principal é, através da metodologia da Royal Academy of Dance, trabalhar a técnica, disciplina, musicalidade e encenação. Especialmente para as crianças menores, as aulas seguem uma linha lúdica, trabalhando com exercícios que ensinam as diferenças e a importância de cada parte do corpo, movimentando-o sempre de forma criativa.

Ballet Master (Ballet Adulto)

Ballet Master (Ballet Adulto)

O curso Ballet Clássico para Adultos foi criado tanto para ex-bailarinas, como para quem nunca dançou ballet, mas sempre desejou. Apesar de ter sua base na metodologia do Royal Academy of Dance, a aula foi construída com um mix de técnica clássica, exercícios modernos de consciência corporal, além de muito alongamento. Tonificação muscular, leveza e postura elegante são alguns dos benefícios notados logo cedo.

  • NOTURNO
    • Aula para Iniciantes: Terça e Quinta, das 18:30h às 19:30h
    • Aula para Intermediário: Terça e Quinta, das 19:30h às 20:30h
  • MATUTINO
    • Terça e Quinta, das 08h às 09h

Jazz Dance

Jazz Dance

O Jazz Dance é uma dança mista, criada a partir de diversos estilos, com princípios técnicos do ballet clássico e da dança contemporânea, criada e sustentada pelo improviso. Entre as suas características marcantes, estão a explosão de energia que se irradia dos quadris e um ritmo pulsante que dá o balanço certo e a qualidade do movimento.

  • AULA
    • Segunda e Quarta: das 18h às 19h
    • Segunda e Quarta: das 19h às 20h

Zumba

Zumba

Você está pronta para entrar em forma se divertindo? As aulas de zumba, realizadas pela instrutora Andrea Burity, contam com muita diversão, dança, ritmos latinos e queima de calorias. Sinta a música e solte-se!

  • AULA
    • Segunda e Quarta: das 19h às 20h

X
Faça a sua inscrição
X
Grade